Doença do Refluxo

O que é doença do refluxo?

Se você tem azia menos de uma vez por semana, com poucos sintomas, isso não é motivo de grande preocupação. Algumas mudanças em sua dieta ou estilo de vida certamente poderão ajudar.

 

Porém, se você tem azia mais de 1-2 vezes por semana, é provável que sua qualidade de vida esteja comprometida e você pode ter a Doença do Refluxo GastroEsofágico, também conhecida como DRGE.

Sintomas comuns

Estes sintomas fazem parte da sua rotina?

-   Azia

-   Regurgitação (refluxo de bile, líquidos)

-   Dor no peito

-   Disfagia (dificuldade para engolir)

-   Distensão abdominal por gases

-   Distúrbio do sono

-   Tosse crônica

-   Rouquidão

O que causa refluxo?

Geralmente, o estômago é fechado por um esfíncter na sua parte alta. A azia é um sinal de que este fechamento não ocorre da maneira adequada. O esfíncter é chamado de esfíncter esofágico inferior (EEI).

Um EEI fraco permite o refluxo de ácido e de outros conteúdos do estômago para o esôfago, causando sintomas desconfortáveis.

 

Um EEI saudável permanece fechado, exceto ao permitir que alimentos e bebidas passem para o estômago

Riscos

O Refluxo crônico pode levar a graves problemas de saúde no esôfago. Entre as possíveis complicações estão inflamações, úlceras ou sangramento no esôfago, tosse crônica, lesões na laringe ou asma. Uma inflamação não tratada no esôfago pode levar a um precursor de câncer, chamado de esôfago de Barrett.

Refluxo após cirurgia bariátrica

A gastrectomia vertical laparoscópica (GVL) está se tornando uma das cirurgias bariátricas mais populares e recomendadas, contudo, ela pode resultar em novos sintomas de refluxo ou piorar esses sintomas que você já apresentava antes do procedimento.

Se você sofrer de refluxo, antes ou após uma cirurgia bariátrica, certifique-se de discutir suas opções com seu médico.

Refluxo em pediatria

Os bebês recém nascidos ou as crianças no primeiro ano de vida comem muito mais frequentemente do que os adultos, por isso têm normalmente, muito mais episódios de refluxo.  Nas crianças pequenas, os mecanismos de proteção contra essa presença do ácido no esôfago estão ainda imaturos, fazendo com que o refluxo seja um fenômeno muito mais frequente.

Portanto, é normal ter refluxo gastroesofágico, principalmente no primeiro ano de vida. É normal vomitar e regurgitar nos primeiros meses de vida, desde que a criança ganhe peso adequadamente e que não tenha sintomas, tipo dor ou azia.

Por isso, os bebês vomitam e regurgitam com tanta frequência no primeiro ano de vida. Por isso são importantes duas recomendações:

1.Refluxo fisiológico NÃO necessita exames e nem tratamento com medicamentos e;

2. O tempo é o principal aliado do refluxo, pois o amadurecimento da criança vai fazer o refluxo ir desaparecendo.

O refluxo-doença, ou a Doença do Refluxo Gastroesofágico, ao contrário do refluxo fisiológico, necessita tratamento e, às vezes, exames diagnósticos. Esses bebês necessitam ser atendidos pelo seu pediatra e muitas vezes pelo gastropediatra.

Av. Cristóvão Colombo, 3060 - Porto Alegre - RS 

 51  3028 1020  |  51  3028 1828  |  51 3325 3060  |  51 3012 8866

  • Facebook - Black Circle