Tratamento

Opções de tratamento

Dependendo da gravidade de sua condição, existem diversas opções de tratamento que você pode discutir com seu médico.

Mudanças no estilo de vida

Cuidados alimentares como: não encher muito o estômago em uma alimentação e optar por fracionar a dieta com ingestão de menor volume mais vezes ao dia; alimentar-se devagar; ingerir muito liquido junto as refeições; diminuir a ingestão de gorduras pois estas retardam o esvaziamento do estômago favorecendo o RGE; retirar da dieta itens como álcool, cigarro, café, cítricos; não deitar logo após as refeições e elevar a cabeceira da cama em 20 cm, podem auxiliar a minimizar temporariamente o RGE.

Medicação

Receita-se, para a maioria dos pacientes, medicamentos bloqueadores de ácidos chamados inibidores da bomba de prótons (IBPs). Estes medicamentos operam de modo a reduzir a quantidade de ácido produzida no estômago, assim, reduzindo o desconforto e inflamação causados pelo ácido.

 

No entanto, alguns pacientes ainda apresentam o refluxo de bile não ácida, suco pancreático, ou outros conteúdos do estômago para o esôfago, chamados regurgitação.

 

O medicamento IBP exige uso diário, conforme instruído por um médico. Enquanto o IBP pode remediar os sintomas na maioria dos pacientes, cerca de 1 em cada 3 ainda apresentam alguns sintomas de refluxo mesmo ao tomarem os medicamentos.

Terapia EndoStim

EndoStim é uma terapia de neuroestimulação que estimula de maneira suave a válvula gástrica (Esfincter Inferior do Esôfago) para permitir que volte a funcionar normalmente – permanecer fechada para evitar o refluxo e aberta para permitir a deglutição.

- 2 eletrodos colocados na parte inferior do esôfago, conectam-se ao dispositivo EndoStim, como um marca-passo pequeno

-  Geralmente, os pacientes reduzem de modo significativo, ou eliminam, a necessidade de IBP

-  Rápida recuperação

-  Baixo índice de efeitos colaterais

Cirurgia de fundoplicatura

Quando o RGE é grave, em geral associado a presença de Hérnia Hiatal de maior tamanho, pode ser necessário reconstruir a anatomia do estômago e do esôfago para promover o controle absoluto do refluxo. A cirurgia tradicional antirrefluxo é chamada de fundoplicatura e, em geral, é feita por laparoscopia.

 

Além da correção da hérnia hiatal, a parte superior do estômago é dobrada e fixada ao redor do esôfago para reforçar a barreira entre o esôfago e o estômago, criando uma nova válvula anti-reflexo de 360o. de circunferência. Os resultados costumam ser muito bons quando o procedimento é bem indicado.

 

Procure um especialista para lhe recomendar qual o melhor tratamento que se aplica ao seu caso.